DE VOLTA À PATRIA AMADA IDOLATRADA!

Senhoras e senhores eu estarei dando uma pequena pausa no Blog por alguns dias. Motivo: Brasil!!!!!!!
Estou indo passar uns dias na minha pátria amada. Mais precisamente estarei aterrissando na terrinha em três dias. Por esta razão não irei escrever nenhum Post.
Em breve estarei de volta com muitas histórias para contar.

Um grande beijo!!!

Retificando o post O TEU CABELO NÃO NEGA…

Esqueci completamente de relatar um fato que ocorreu enquanto eu fazia a progressiva na bailarina:

Ela quebrou a cadeira plástica na qual ela estava sentada e caiu estatelada no chão (para vocês verem como ela era esbelta). A cadeira por sua vez despedaçada, bateu nas minhas pernas me deixando com um hematoma enorme!!!

A mulher ficou toda sem jeito e começou a culpar a cadeira dizendo que era de plástico vagabundo, que era velha e já estava supostamente quebrada antes… (aham)

Obviamente que eu não pude rir (na hora)…

O TEU CABELO NÃO NEGA…

Palavra do Dia:

Cabelo: Cha r

***********************************************************************************************

 Desde que me mudei aqui para o Cairo tenho conseguido conviver mais com as brasileiras que moram por aqui. Existem cerca de 200 brasileiros residindo na cidade ao todo. Algumas destas mulheres vieram a trabalho, outras são casadas com egípcios, outras casadas com estrangeiros que também estão de passagem.  Nós chamamos este grupo de comunidade brasileira e fazemos encontros mensais, onde comemos comidinhas do nosso país e fazemos novas amizades.

Uma de minhas amigas está aqui há muito tempo. Casada com um egípcio, ela conhece e tem várias amigas locais. Ela está sempre correndo para lá e para cá, fazendo de tudo um pouco e principalmente, ajudando pessoas. Buenas!! Dia desses estávamos almoçando juntas e eu comentei que era “metida” a cabeleireira. Havia trazido um kit de escova progressiva profissional para cá e estava oferecendo o tratamento para algumas amigas. Logo ela veio com a idéia:

– Vamos fazer nas egípcias. Elas pagam um bom dinheiro!!!

Opa!!! Money!!!  To dentro!!!

O que eu não esperava era o que estava por vir…

Ela marcou a primeira “cliente”. Uma professora famosa de dança do ventre. Quando digo famosa, quero dizer que ela é a “Bam Bam Bam” de Bally Dance aqui. Está sempre viajando e dando cursos pelo mundo todo. É a professora das professoras!!! Dito desta forma, logo imaginei uma mulher cheia de classe e com um corpo lindo! Pensamento bem brasileirinho este neh? Beleza!!! Vamo nessa!

Chegamos na casa da moça e eu descobri , rapidamente a verdade. Tratava-se de uma mulher de seus 40 anos, loira (aham) e com um peso, vamos dizer assim, beeeemmmm acima do que eu imaginava. Ela estava vestida apenas com uma camiseta (dentro de casa pode) e não fez a menor questão de se trocar quando chegamos. A impressão que ela me passou foi tudo, menos a de delicadeza, o que se espera de uma bailarina. A casa estava cheia de gente, acredito que alunas e amigas. O lugar era extremamente bagunçado e perto do que eu havia imaginado, era bem pequeno até. Lá dentro tinha um estúdio de dança e foi ali que arrumei o cabelo dela.

Quando você chega à casa de um egípcio, a conversa nunca é direto ao ponto. Primeiro você senta, bebe alguma coisa, fala de sua vida e só depois (1 hora mais ou menos) é que você faz aquilo que realmente foi fazer. Confesso que não tenho a menor paciência para o tal “lero lero”, então assim que ocorreu uma brecha na conversa eu disse:

– Posso ver seu cabelo?

Quando toquei no cabelo dela senti a maldade!!!! Senhor!!!! Imaginem uma vassoura loira usada. Caramba minha filha!!! Já ouviu falar em hidratação??? Aquele loiro de farmácia tipo cor de gema de ovo dava um toque final às madeichas. Detalhe: Ela ADORA o cabelo dela!!! Eu, como uma pessoa que preza a natureza e a saúde dos fios fui logo avisando…

– Você devia fazer um tratamentosinho no seu cabelo…

– Pra que??? Respondeu ela como se eu fosse uma retardada.

– Pra dar mais vida, mais leveza, blá blá blá…

– Imagina!!! Meu cabelo é super saudável!!

Me calei.

Bom. Comecei a explicar a ela que o produto era parecido com um relaxamento, que iria hidratar e alisar o cabelo dela e que só continha 0,2% de FORMOL e… Neste momento o tempo parou por alguns instantes e então a mulher logo teve um treco!

– Sem Formoooolllllll???

Ela queria que eu passasse mais formol no cabelo dela. Que ela estava acostumada, que não tinha problema e lá vai explicação! Ficou desapontada. E eu achando que ia arrasar com minha preocupação pela saúde dela.

Abre Parênteses

Para quem não entende “bulhufas” de cabelos, a Anvisa só autoriza 0,2% de formol nos produtos para alisamento. O detalhe é que o que realmente faz o cabelo ficar liso é o tal do formol. Mas ele pode trazer conseqüências graves tanto aos cabelos quanto à saúde.

Fecha Parênteses

No fim a mulher resolveu testar o meu produto, com a condição de que se ela não gostasse, eu voltaria lá e aplicaria o formol (que ela tinha em casa). Fiz todo o procedimento e em MINHA opinião o cabelo dela ficou super bom. Claro que o cara que fez milagre já foi embora do Egito a muito tempo!!! Aqueles cabelinhos “pixains” que ficam na testa, não se resolvem nem com reza braba!

Ela se olhou no espelho, e não disse nada! Fiquei com aquela cara de chinelo e então complementei:

– Qualquer coisa você me liga tah?

– Aham!

Fui para casa cheia de preocupações e pensando…

 – O que eu vou fazer se a mulher quiser passar formol puro no cabelo? O cabelo dela vai cair! Ai meu Deus!!!  E se cair mesmo? Ela vai dizer que sou eu a culpada! Eu vou sumir desse país!!!

Fiquei paranóica (só para variar) e cheguei até a sonhar com a bendita mulher.

No domingo a amiga dela me liga.

– A Madame fulana queria que você voltasse aqui para aplicar o outro produto nela

Marcamos o dia e lá fui eu na casa dela de novo. Apliquei o tal do formol e confesso: O cabelo ficou bem lisinho! UFA!!!!! Não caiu nenhum fio e até agora não recebi nenhuma ligação de advogado me cobrando danos físicos.

O engraçado é que as egípcias escutam qualquer bobagem por aí e já querem sair comprando. Uma cliente perguntou sobre um produto que era brasileiro e que era maravilhoso e tal. Quando ela me disse o nome, eu caí na risada. Era um produto de prateleira de supermercado, super comum. E ela dizia que era a salvação de todos os cabelos hehehe. Tudo o que é brasileiro elas querem. Não sei quem foi que disse para elas que as brasileiras têm cabelo bom. Hehehehe (sem ofensa).

Depois dela já fiz mais uma progressiva e duas queratinas. To me virando e ganhando uns “pila” por aqui. Claro que o cabelo delas é literalmente uma “dureza”, sendo elas africanas não poderia ser diferente não é mesmo? Mas com um pouco de jeito e insistência até dá para obter um resultado satisfatório. Uma coisa eu sempre digo: Nínguém dorme uma fulana e acorda a Gisele Bundchem né?  Nem a própria Gisele!!! Mas não é impossível chegar lah!

Beijo à Todos

Previous Older Entries

Quantos já passaram por aqui...

  • 383,791 acessos

del.icio.us

The best

RSS A História de uma gata

  • Memorial 19/05/2016
    Tá tudo certo. Resolvido. Jurado e sacramentado. Até que percebo uma leve alteração na respiração ao estacionar o carro e meu coração acelerar no elevador e bater na garganta quando chego na porta. Ela abre. Eu disfarço. Faço uma piada, enquanto minha mente me joga, sem dó, frames de sons, momentos e sensações. Me lembra que voltei a brotar ali .E eu penso n […]
    noreply@blogger.com (Fernanda Copatti)

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 364 outros seguidores

%d bloggers like this: