TRÂNSITO EGÍPCIO X PLAYSTATION

Texto By Rodrigo Alves
 

Confesso que não tenho Playstation nem outro tipo de videogame, mas sei do que se trata, quando era guri, meu videogame era o Atari, acho que muita gente conhece. O Egito me faz lembrar as horas que passava jogando Enduro e River Raid, conto por que.

O trânsito do Cairo é um jogo de videogame, o objetivo chegar ao final de fase com VIDA. Existem diversos níveis. Pode escolher.

Nível 1 – De casa para o trabalho em 45 minutos.

River Raid

Teu objetivo e chegar ao trabalho em 45 minutos, inteiro e disposto para iniciar o dia cheio de emails, telefonemas etc.

No caminho, se ficar mais do que 10 minutos parado, perde 5 pontos. Fechadas de camionetes 10 pontos e taxistas andando no meio da faixa perdem 2 pontos. Se buzinares menos 1 ponto.

Mas existem os bônus, desviar de melancias caídas na “Ring Road” vale 2 pontos, desviar de tijolos 5 pontos e de bobinas de aço, 20 pontos mais uma VIDA.

Se fores cortado por motoqueiros também te rende pontos, se na moto estiver uma pessoa somente, 1 ponto, se duas pessoas 2 pontos ate 6 pessoas, 6 pontos que foi o máximo que eu já vi (numa Vespa).

Desviando de carros na contra-mao ganha 10 pontos, dos vendedores de melancia parados no acostamento 5 pontos. Escapar de buracos não conta ponto, mas cair neles perde 5. Se souber o nome do buraco (sim aqui no Cairo podes dar nomes aos buracos, eles estão lá desde as pirâmides, eu acho) mais 10.

Nível 2 – De casa pra Downtown (Centro)

Teu objetivo e chegar a qualquer lugar no Centro, menos na Sexta-Feira que vai ser difícil, pois a Tahrir vai estar fechada para protestar contra o SCAF (Junta Militar), preço do pão ou mesmo por que o Egito perdeu para Guinee Bissau e esta fora da Copa da África de 2012.

No centro existem algumas sinaleiras (ou faróis como os paulistas chamam) se parares no vermelho, perde 5 pontos, pois vai atrapalhar

Obstáculos

os motoristas que vem atrás e não sabem o significado do sinal vermelho.

Carros dando re por que perdeu a entrada ou a saída, também dão bônus 5

pontos, mas se tu fizeres isso, não desconta ponto, pois isso e normal neste jogo.

No centro tem que ter cuidado em dobro com os pedestres, teu objetivo e não matar, portanto cada pedestre salvo tem uma pontuação, vamos lá:

  • Senhores idosos de galabeia (vestimenta típica) – 2 pontos
  • Senhoras extremamente acima do peso que caminham como patas – 5 pontos.
  • Senhoras extremamente acima do peso que caminham como patas e com 5 crianças – 10 pontos.
  • Famílias de mais de 15 pessoas – 20 pontos + medalha de boa ação do dia.
  • Senhores idosos andando de burrico – 30 pontos.

Nível 3 – Estacionar no Aeroporto.

Teu objetivo e chegar ao aeroporto e estacionar.

Depois de passar pelo nível 1 e 2, já podes te considerar um vencedor de ter chego ao aeroporto. Para estacionar pegue o cartão na entrada e pague na primeira cancela que aparecer, 5 pounds = 5 pontos, depois disso vais passar por mais umas 5 cancelas e terás que mostrar o recibo de pagamento em todas, não reclame senão perde 5 pontos.

Escapando de motoristas na contra Mao dentro do aeroporto tem bônus de 10 pontos, meu sogro foi recebido assim logo depois de ter aterrizado no Cairo.

Se cruzares com algum caminhão e perceberes que a carga esta solta, torta ou mesmo sobrecarregado não se assuste passe pela esquerda ou mesmo pela direita e reze, seja para Deus, Allah ou Shiva.

O único problema e que neste jogo só existe uma vida, portanto olho aberto e não pisque pode ser que aconteça algo não descrito acima, disso eu não duvido nada.

Ah, esqueci, que saudades da Sinimbú as 19hs, ou da rotula da UCS…

Abraços

Rodrigo

Anúncios

VOU DE TAXI…

Para aqueles que se perguntam sobre transportes no Egito e têm a ilusão que vão se virar bem por aqui, como se faz na Europa, aqui vai uma explicação que provavelmente vai abalar muito mochileiro por aí.

Se deslocar no Egito é realmente muito difícil. Mesmo com carro próprio as dificuldades são imensas. Você se perde nas ruas, não consegue decifrar as placas, fica horas trancado em engarrafamentos sem fundamento e a probabilidade de bater ou ser batido é de 20% no mínimo. Existem outras opções, porém não chegam a ser um alívio ou uma salvação.

Taxi no Egito é super barato, porém a maioria dos taxistas não fala inglês. Se você não souber exatamente para onde está indo, a probabilidade de erro é imensa (ou de golpe). Outro detalhe que deve interessar os mais “exigentes” é que as condições dos taxis são precárias. Quando digo precárias é nó sentido triplicado.

Taxi Comum

A maioria dos carros são aqueles Ladas de mil novecentos e lá vai rosquinha… Você senta no banco e recebe uma visão panorâmica… do asfalto! Sim, porque o carro quase não tem chão e muito menos janelas. Muito cuidado para não tocar em nada, pois além de poder quebrar você ainda leva um “tétanosinho” de graça. Geralmente o motorista está fumando e ouvindo uma música árabe ensurdecedora. Ele NUNCA tem troco, não usa o taxímetro e você ainda corre o risco de dividir a corrida com outro passageiro. Tempo é dinheiro…

Existem os taxis mais sofisticadinhos, porém são mais caros. Os de cor branca que você pode pegar na rua são os mais aconselháveis. Eles possuem tarifário, mas o motorista sempre te pedem uma gorgetinha alegando que a volta vai ser muito difícil. O ar condicionado geralmente está desligado e se você pedir para ligar, certamente receberá uma cara feia. Eles acham que gasta muito combustível…

Existem ainda os taxis “executivos”, os amarelos. Supostamente mais novos (jura!!). Você liga e o taxi vem te buscar em casa. Ahammmmmmmmmmmmm!!!

Ah se fosse simples assim…

Taxi Branco

Primeiramente que para você conseguir a ligação a espera é de aproximadamente meia hora ao telefone ouvindo aquela musiquinha amável. Segundo que se você mora longe do centro a ligação deve ser feita no dia anterior. Isso mesmo!! Impossível conseguir taxi para daqui a vinte minutos. Só de um dia para o outro Inshalah. Emergências nem pensar!!!

Por fim, a possibilidade do taxi não comparecer no lugar e hora marcados é quase de 100%. Certo dia eu precisava ir a casa de uma amiga e liguei para a central de taxis. Pedi para que o taxi me buscasse nove horas da manhã do dia seguinte. Confirmei o endereço tudo como de costume. No dia seguinte, estou eu, toda prontinha as nove e nada do taxi chegar. Esperei mai um pouco já que pontualidade não é um forte dos egípcios… Nada…

Taxi Amarelo

Liguei para a Central:

– Olá, você poderia me dizer se o meu taxi vai demorar muito?

– Ah Claro, um minuto que vou contatar o motorista.

Passaram-se alguns segundos e eis que…

– Sra. O taxi não está disponível!

– Como assimmmmmmm????????                                       

– Sinto muito Sra. Mas o taxi não está disponível.Ele não poderá ir buscar a Sra.

Naquele momento uma raiva absurda invadiu o meu ser e eu desabafei tudo no atendente…

– Vocês são uns incompetentes. Isso é um absurdo. É por isso que este país não vai para frente. Vocês fazem uma revolução para tirar um presidente do poder, mas não conseguem nem enviar um taxi direito!! @%&0*#! @%&0*#!

Advinha o que ele me respondeu?

– Sorry Sra.

Fui até a portaria do meu condomínio na esperança que os seguranças pudessem me ajudar. Inacreditavelmente eles tinham o telefone de um taxista que chegou em 15 minutos. Fiquei um pouco receosa porque você nunca sabe o que pode aparecer, mas até que o taxi era arrumadinho. Obviamente que ele cobrou bem mais caro do que o de costume mas… paciência!

Se você for do tipo aventureiro e quiser arriscar um ônibus… esqueça!!! Ônibus são raros de se ver por aqui. O mais comum são as Vans. Impraticáveis!!!

Imagine uma Van que comporta doze passageiros carregando trinta? É pé para fora do vidro, mão na cara do outro e bunda colada na janela. Para ajudar tem sempre um cidadão que resolve fumar no percurso. Sem considerar o fato que você nunca sabe qual o destino dela. Não tem plaquinha, nem visor nem número. Cada dia o motorista decide para onde ir. Para onde o vento levar…

Van

A maioria das Vans está literalmente caindo aos pedaços. Não possuem portas, muitas vezes nem assentos. Os pneus estão tão desgastados que o aço chega a aparecer, mas mesmo assim elas atingem uma velocidade de 120 km/h. Impressionante!!!

Suuuuuuuper Seguro!!!!

Elas andam como querem e param onde querem. Não existem paradas por aqui! Geralmente elas coletam os passageiros nas curvas e nas pontes. Onde houver uma saída de carros e onde NÃO houver um acostamento é ALI o lugar que a Van irá parar.

O Metrô é o mais praticável de todos os meios de transporte. Prático, seguro e até que é limpinho. Só têm um probleminha. Possui apenas duas linhas. Imagine uma cidade de oito milhões de habitantes com cerca de 300 km² de extensão, apenas com duas linhas de metrô??? Impossível!!!!  As linhas não abastecem nem 20% da cidade.

Metrô

A única opção é Norte e Sul. Circula apenas pelos principais bairros. Muitas vezes você tem que descer em uma estação e continuar o trajeto de taxi ou Van. Vale mais a pena pegar o taxi logo de cara. A diferença de economia é mínima.

Existem planos para a construção de mais rotas. Elas deveriam ficar prontas em 2010. Nem começaram ainda…

A esta altura eu realmente espero que você esteja se perguntando como é que EU faço para me virar por aqui!!!

Bom, se o marido não me leva eu pego o taxi!! Como??? Como der!!!

Para sair do meu condomínio é mais difícil, mas uma vez que eu estou na rua eu ataco o melhor carro que eu encontrar e seja lá o que Deus quiser!!!

Muitas das minhas amigas possuem motoristas (que nem é tão caro assim), mas infelizmente não é viável para nós. Vou me virando com o que dá. E até que me saio muito bem obrigado!

No começo era mais difícil. Tinha medo de pegar taxi sozinha, levar um golpe, me perder ou ser seqüestrada, vai saber. Depois de um tempo você se acostuma e passa até a ficar confiante demais. Hoje eu xingo, acerto preço, exijo o caminho e se bobear até arrisco um direita e esquerda em árabe (que é só até onde meu árabe vai).

Praticamente uma local!!!

Existe ainda a última possibilidade de locomoção: Camelos!!!

Acredite ou não ela é ainda utilizada por aqui. O problema é que manter um no meu pátio não ia ser lá muito agradável! Hahahahaha. Mas acredite: Seria a opção mais segura de todas!!!!

Beijos

O PAÍS DA IRMANDADE

Depois de ocorrida a revolução egípcia em janeiro deste ano, um assunto que vem tomado conta da mídia e preocupado muitos é a famosa Irmandade Muçulmana, The Muslin Brotherhood.

Irmandade Muçulmana

Trata-se da organização islâmica mais antiga conhecida no Egito. Ela está presente em mais de setenta países e tem como princípio fundamental estabelecer os ensinamentos do Alcorão através das leis muçulmanas (Sharias) à sociedade islâmica, desvencilhando-se das influências ocidentais.  O lema mais conhecido do grupo é “O Islã é a Solução

O motivo de tanto furor ocorre porque após a queda de Hosny Mubarak, a irmandade muçulmana ganhou maior espaço, tornando-se uma opção para o futuro governo da nação egípcia. Isso quer dizer que o conhecido “liberalismo egípcio” poderá estar com seus dias contados, caso a irmandade chegue ao poder. Será??

Existem, sem dúvida, muitas teorias e opiniões sobre o assunto, mas na verdade, ninguém sabe ao certo o que acontecerá ao Egito. Nem se sabe ainda se o país conseguirá fazer suas próximas eleições dignamente.

Contudo, tentarei explicar a vocês, aquilo que tenho ouvido por aqui com relação a este assunto. Obviamente colocarei meu ponto de vista e também qual tem sido a reação do povo egípcio quando se fala em Irmandade Muçulmana.

Muitos por aqui estão certamente receosos. Inclusive os muçulmanos. Para muita gente, a simples idéia de perder a liberdade adquirida, como o direito de se vestir da forma que a consciência permite, por exemplo, é assustadora.

(Porque sim, A Sharia também prega isso)

Outra preocupação dos egípcios é com relação ao turismo. Eles continuarão vindo ao país caso as leis islâmicas sejam implementadas?

Em uma entrevista à BBC, Kamal El-Helbawi, um dos líderes da irmandade, resiste ao responder esta questão. Ele apenas afirma que somente com a concordância da maioria do povo, as leis serão executadas. Mas, em nenhum momento ele confirma que atrativos turísticos como o álcool, a utilização de roupas de banho e liberdade feminina serão realmente respeitados.

Kamal El-Helbawi

No entanto, ele insinua de forma não muito clara que o Islã não pode ter no álcool ou em qualquer outra forma de pecado seu sustento. Para ser um país muçulmano é necessário seguir as regras islâmicas e nelas não incluem estas opções.

Isso quer dizer que os turistas que vêm a Egito não terão acesso a bebidas e as praias? Pode parecer bobagem, mas isto pode afugentar muita gente.

Estão dizendo por aqui que a opinião real da irmandade é que os turistas ocidentais não são necessários ao país. Se forem eleitos ao governo, incentivarão a vinda de turístas muçulmanos como os do Irã por exemplo, já que existem suspeitas que eles buscam uma aproximação com este país. (Medooo)

Na verdade, Kamal El-Helbawi hesita em responder com clareza a muitas das perguntas feitas pela entrevistadora, que “coincidentemente” era uma mulher. Ele desconversa por várias vezes sempre destacando que tudo será feito com a concordância da maioria.

O que acontece é que por detrás das câmeras de TV, os boatos são diferentes.

Muitos egípcios têm dito que a irmandade muçulmana está aos poucos impondo suas vontades através do dinheiro e de promessas políticas. Sem o consentimento da maioria da nação.

Vou citar um exemplo:

Antes da revolução, o principal shopping Center do Cairo era aparentemente um lugar que não impunha muitas regras. Você podia se vestir da forma que quisesse e caminhar de mãos dadas com seu marido. Você certamente não podia andar aos beijos, mas isso tudo bem. Após a tal revolução e o reaparecimento significativo da irmandade, placas restritivas foram colocadas nas portas de entrada do shopping. Agora é proibido usar roupas mais curtas como regatas ou saias.

Será que isto já é o começo da aplicação das leis islâmicas ou simplesmente a administração do shopping decidiu tornar como regra? A opinião pública se apega na primeira opção.

Outra questão muito colocada e pouco respondida pelos membros da irmandade é com relação às mulheres. Poderão elas optar pelo uso do véu e por muitos outros direitos ou serão submetidas às Sharias?

É sabido que a plataforma política adotada pela Irmandade Muçulmana não permite que as mulheres tenham cargos públicos importantes. De acordo com as leis islâmicas apenas cargos municipais são concedidos a elas. Ou seja, uma mulher nunca poderá chegar a ser presidente.

Mas em entrevista, um dos membros afirma que a mulher deverá preocupar-se em desempenhar seu papel de mãe e esposa em primeiro lugar pois é isto que Alah designou para ela.

A organização também criou currículos escolares diferenciados para meninos e meninas e afirma a importância da segregação do sexo em sala de aula, trabalho e transportes públicos, separando homens e mulheres em locais específicos.

E quanto à relação política com o resto do mundo? A irmandade manterá os acordos?

De acordo com alguns partidários, o Egito terá que achar meios de se sustentar. Chega de receber os bilhões de dólares americanos…

Mas será que ele consegue?

Todos sabem que o forte do Egito não é sua indústria e a agricultura não é a principal fonte de renda. A primeira sem dúvida é o Canal de Suez e o segundo, advinha??? Turismo!

Então amigos, acho muito difícil que sem o apoio ocidental o Egito consiga manter-se economicamente. Seria mais fácil manter os acordos e ao invés de investir o dinheiro no bolso dos políticos, começar a investir no país.

E quanto a Israel?? Esta questão é a mais assustadora de todas certamente. Será mantido o acordo de paz?

A Irmandade insiste em dizer que a intenção não é quebrar o acordo, mas que injustiças não serão toleráveis.

Eis uma frase de nosso amigo Kamal El-Helbawi sobre a questão de Israel

Este não é o momento para discutir esse assunto, mas eu gostaria de confirmar para você, e para o Ocidente em geral, que, se qualquer processo de paz [é] com base na justiça, a Irmandade Muçulmana vai apoiá-lo 100%, mas se houver algum processo de paz construída sobre a injustiça, então nós temos que trazer a justiça antes do processo de paz. “

Tirem suas próprias conclusões…

Não tenho certeza se foi notícia no Brasil, mas há algumas semanas atrás um protesto foi realizado na Praça Tahrir apoiando a questão Palestina. Veja que os muçulmanos vêem os palestinos como irmãos e sentem-se no dever de ajudá-los.

Desculpem-me os solidários, mas será que o Egito já não tem problema suficiente para se preocupar????

Agora virou mania protestar! Primeiro por uma causa justa, agora por qualquer coisa! Está virando desculpa para faltar o trabalho! (desabafo!!)

O problema é que se o acordo de paz for quebrado, certamente uma guerra irá acontecer. Já existem informações que alguns membros da irmandade muçulmana estão pedindo aos egípcios que se preparem para a guerra!

Me perdoem os egípcios confiantes mas se Israel realmente quiser o Egito será massacrado em questão de minutos. O poder de guerra deles é infinitamente maior e duvido que outro país há de querer comprar essa guerra junto com o Egitão!!

Portanto, se realmente a irmandade muçulmana estiver interessada em buscar a justiça, acho melhor ela começar com os problemas de dentro do Egito e não fora dele.

Mas muito disso não passa de especulação. Não se sabe ao certo o tamanho da força da Irmandade Muçulmana, nem se serão eles os próximos a governar o país. A única coisa que se pode afirmar é que o povo precisa de líderes sensatos, sejam eles de que religião for.

Se for decisão da maioria e as leis islâmicas prevalecerem, eu sinto pelos cristãos que vivem aqui. Eles, dentre todos, são os que estão mais preocupados. Vivo aqui e vejo a intolerância que eles sofrem. Isto eu posso afirmar! Certamente a tendência não será melhorar para eles.

Eu acredito que a política não deva ser confundida com religião. Não acho que as leis de um país devam ser baseadas em pecado ou não. As duas coisas não caminham juntas. Esta é a base da liberdade para mim, decidir minha religião independente de meu Estado. Mas, se o povo decidir assim, irei juntar as minhas malas e partir. Afinal, eu posso decidir!

Beijos

Quantos já passaram por aqui...

  • 405,622 acessos

del.icio.us

The best

RSS A História de uma gata

  • Memorial 19/05/2016
    Tá tudo certo. Resolvido. Jurado e sacramentado. Até que percebo uma leve alteração na respiração ao estacionar o carro e meu coração acelerar no elevador e bater na garganta quando chego na porta. Ela abre. Eu disfarço. Faço uma piada, enquanto minha mente me joga, sem dó, frames de sons, momentos e sensações. Me lembra que voltei a brotar ali .E eu penso n […]
    noreply@blogger.com (Fernanda Copatti)

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 371 outros seguidores

%d bloggers like this: