EGITO, SAIA DO ARMÁRIO!!!

Um dos assuntos mais discutido nestes últimos meses é o casamento entre homossexuais. Alguns países, inclusive o Brasil, vêm aceitando cada vez mais a homossexualidade como parte da sociedade, portanto, passível de lei e de respeito. Particularmente eu apoio totalmente os direitos gays e principalmente a nova lei, que permite a união legal entre companheiros do mesmo sexo. Mas será que aqui no Egito também existe esta aceitação?

Claro que não!!!!

Bandeira Gay

Primeiramente por ser um país muçulmano, o Egito não tolera, aceita ou respeita a homossexualidade. Não existem leis específicas para isso, porém, outras leis que citam comportamentos obscenos e libertinagem são usadas para punir os acusados.

A religião islâmica é extremamente contrária a homossexualidade e possui Sharias (leis religiosas) específicas contra os atos homossexuais, passíveis inclusive de apedrejamento seguido de morte.

Em Maio de 2011, 52 homens que faziam uma festa em um barco navegando pelo Rio Nilo foram presos acusados de atos homossexuais e orgias aqui mesmo no Egito. Bom, o barco chamava-se “Queem Boat” (Barco Rainha), daí você já advinha que tipo de festinha estava rolando. Estes homens foram torturados pela polícia e 23 deles condenados à cerca de 3 anos de prisão. Relatos afirmam que as partes íntimas traseiras dos rapazes forma submetidas à inspeção médica, a fim de comprovar a homossexualidade dos mesmos.

O mesmo aconteceu em 2008, quando 5 homens foram detidos por “praticas

Egípcios presos por homossexualidade

profanas” e condenados à prisão. Afirma-se que por serem portadores de HIV, os egípcios foram tidos como homossexuais (????) e também sofreram de torturas sexuais para que pudesse comprovar relações anais. Aqui devo confessar que me bateu uma certa curiosidade sobre as técnicas utilizadas para a comprovação. Ânus têm hímem????

Bom, dito isso, vêm a parte que me cabe, ou seja, minha experiência e ponto de vista…

Não precisa ser muito observador para perceber que a homossexualidade está explícita na população egípcia. Basta você caminhar pelas ruas para perceber jovens praticando comportamentos duvidosos. E não, não estou me referindo ao comportamento tradicional dos árabes (homens) de dar beijinho na bochecha ou andar de braços dados. Refiro-me á forma de andar, de dançar e até de vestir dos mesmos. Postura!!!

Como aqui no Egito, sexo antes do casamento é considerado haram (pecado), muitos meninos iniciam suas atividades sexuais com os amigos. Isso não sou eu que estou dizendo. Existem centenas de pesquisas à respeito. Assim como as meninas praticam sexo anal para não perder a virgindade.

Ora, não podemos ocultar o fato que no período da puberdade, os instintos sexuais começam a aflorar e as necessidades físicas passam a ser de certa forma, incontroláveis. Principalmente no sexo masculino. Como estes rapazes nem chegam perto sequer do sexo oposto, nada mais cabível que a curiosidade seja suprida pelo amiguinho.

Uma vez praticado o ato… Já era!!! Hehehehe (brincadeira)

O que eu penso que ocorre, é que muitos destes garotos contin­­uam a praticar a homossexualidade até o casamento ao menos. Depois disso a moralidade religiosa passa a ser prioritária, já que a necessidade sexual é transferida para a esposa (pobrezinha).

O problema é que muitos deles demoram a casar. Ou ainda, não casam nunca. Como fazer então? Aqui não tem prostíbulo. Ao menos não assim como no Brasil. Sim, existem prostitutas, mas você acha que um egípcio de classe baixa tem condição de pagar??? Nem pensar! A saída é o melhor amigo mesmo.

É comum você sair à noite e ver grupos de homens juntos caminhando pelas ruas badalando pelo Cairo. Caçando??? Que nada. Não tem mulher na rua. Pelo menos não desacompanhada. Eles ficam a madrugada inteira rodando pelos lugares mais populares sem nenhuma chance de “se dar bem”, sem ter o que fazer. Qual assunto deles? Não faço a mínima idéia. Mas o que percebo são constantes brincadeiras que envolvem abraços, tapinhas e um excesso de intimidade que para mim é totalmente desnecessário. ­

Eles andam nas motos para lá e para cá, em 3 ou até 4 passageiros num esfrega, esfrega que só pode ser no mínimo “excitante”. Agarradinhos na cintura um do outro (lá no Rio Grande, macho que é macho segura atrás na moto, ou então se equilibra na marra!! Rsrsrsr). Necessidade??? Hummmm, tenho minhas dúvidas…

Lógico que existe uma parte da sociedade mais moderninha. Ao freqüentar as casas noturnas do Cairo já é possível ver mulheres beeeeeem saidinhas. Mas geralmente os freqüentadores são jovens de classe alta que em sua maioria já moraram fora do país. Ocidentalizados. Estes, e alguns egípcios mais estudados admitem a homossexualidade e muitos até a aceita como parte da sociedade. Mas estas pessoas são a minoria egípcia.

O cidadão egípcio é preconceituoso quando se trata de sexualidade. Não que o Brasil não seja. Mas certamente é mais dividido quanto ao assunto. Tanto que existem projetos de leis contra a discriminação.

Árabe gay

O fato é que assumir seu lado homossexual no Egito não é uma opção. Tanto a sociedade quanto a religião muçulmana não admite tal façanha. Então, se você perguntar por aqui, quase todos dirão a mesma coisa: – Não existem gays no Egito!!! Mas todos sabem que no fundo, isso não passa de uma hipocrisia.

O governo mascara a homossexualidade e a religião prega que é vergonha e pecado. O islã prega também, talvez para não parecer tão hipócrita, que no “caso” de existir um gay entre os muçulmanos, este poderá pedir perdão a Alah e procurar atendimento psiquiátrico para se curar. Nunca mais praticar sexo com o mesmo gênero e casar-se a fim de seguir as regras do Alcorão. Caso contrário…

Portanto, homossexualidade é tratada como doença, ou para os mais cultos, patologia. Passível de cura e de opção.

Mesmo os cristãos egípcios não admitem claramente a homossexualidade. Eles dizem que entendem e sabem que existam gays no Egito, mas não entre eles. São só os muçulmanos… Hahahaha.

Preconceitos à parte, as pesquisas estão disponíveis para quem quiser ver. Não existe país que não possua homossexuais. Desculpem-me àqueles que não concordam. O que ocorre é que devido às severas punições aplicadas e a vergonha social a que os gays são submetidos, torna-se impossível sair do armário. Isso vale para ambos os sexos.

Então, por aqui você pode vestir-se como tal, agir como tal, transar como tal. Mas nunca, jamais, assumir-se com tal.

Beijo à todos!!!

19 comentários (+add yours?)

  1. crisbauleri
    Nov 10, 2016 @ 02:48:32

    tenho muitos amigos muçulmanos do Egito que são gays, eles entram no meu ibox e zap e desabafam comigo. mulheres também, elas são casadas, tem filhos e sofrem pelo fato de não poderem assumir sua sexualidade.. muitas falam que me amam e mandam pics de mulheres se beijando.. não sou gay, mais tenho muitos amigos gay no Egito.. Ótimo post.. gostaria que vc falasse mais das mulheres muçulmanas que são gays e são muitas.

    Responder

  2. silvia
    Jul 03, 2016 @ 20:54:53

    sera que os argelinos sao crueis com nos mulheres brasileiras?

    Responder

  3. Daiane Aguiar
    Mar 31, 2016 @ 09:27:53

    Ola Dani, seu comentario foi extremamente ridiculo, e você é pobre em cultura e conhecimentos atuais..
    Que espécie de serumano é você?
    Hipócrita!
    E para aqueles que dizem, “eu não aceito, mas respeito”..
    Em que mundo acham que vivem?
    Quem tem que aceitar é a própria pessoa “homossexual”, vocês acham que é facil se aceitar?
    Muiitos sofrem pois sabem o que enfrentarão por toda a vida, por ser o que são!
    Respeitar é o minimo que vocês Homofóbicos devem à todos eles.
    Olhem e prestem mais atenção em suas palavras, não percam o tempo vomitando palavras desnecessarias!
    Pois é fácil julgar o próximo não é mesmo?
    Quero ver viver e passar pelo que eles passam!

    Responder

  4. Causo
    Out 31, 2014 @ 06:42:04

    Aqui neste saite a muitas pessoas falaram falaram e não sabem sobre a realidade de islao (muçulmanos)…. Querem mesmos saber as vossas duvidedas esclarecidas vão a este site {www.islamhouse.com} ai terao todas as respostas verdeidaras…. Spero ter ajudado.

    Responder

  5. LEO
    Jul 21, 2014 @ 20:34:59

    Muito bom, uma otina descrição =]

    Responder

  6. Anónimo
    Jul 03, 2013 @ 02:44:57

    DANI “Veja pelos homens gays, são histericos e ridiculos, com trejeitos que muitas vezes as mulheres não os têm. SE banalizam para mostrarem o que nao sao.”

    Sou gay mais não sou ridículo, seu comentário é grosseiro. pra um país tao religioso deveria primeiramente aprender a amar o próximo, sem preconceitos.

    Responder

  7. Anónimo
    Jun 27, 2013 @ 02:43:48

    Querida DANI, odiei o seu comentário pois ser gay não é opção, vc simplesmente nasce assim, antes de vc fica escrevendo besteira, podeira aprender mais com as difereças, e que todos tem direitos de ser livres dependendo de religião, Deus sabe o que faz, ele cria pessoas e não mostros.

    Responder

  8. Pedrita a sereia do lago Nasser
    Jan 15, 2013 @ 02:38:49

    Gente pare eu sou Egipcio de Alexandria radicado aqui no Brazil sou simpatizante é digo tenho muitos amigos gays lá ..a viadagem vem desde o tempo que Jesus ando na terra lá mesmo no Egito já ouvir relatos de antigos historiados que dizian que João Batista era bi sexual e ele e Jesus são primos é que também o apostolo João da Bliblia era gay gente cresi ouvindo que os faraos mandavan sua esposas viajarem para fazer orgias entre homens em seus palacios como ritual de junção de forças os Gregos já curtia essa putaria dende sempre agora essa gay revoltada á tirana Maomé que devia ser feia que nem o cão ecreveu em seu diario de torturase maldades de nome Alcorão que a pratica sexual entre duas pessoas do mesmo sexo e um pecado mortal isso na cabeça diabolica dela que era uma loca amarga não teve ninguem nunca foi amada ou desejada a bicha só vivia no deserto juntos as SerpenteS amaldiçoando as mulheres o amoré o sexo deixo essa porra desa seita idiota fica as louca suas seguidora se explodindo ferindo e aterrorizando pessoas acreditando elas que vão soltar a franga no paraiso gente Deus é amor temos essa porra deste livre harbitrio pra fazermos o que quizer cada um dá o que e seu gozaz vem de deus a satisfação plena de seu interior agora fica os coitados forçados a casar com mulher sendo obrigado a fuder uma xana por isso os Arabes tem fama de grosso com as mulheres eles matam, tortura torna a vida das coitadas um inferno e por isso viver conviver sem gostar. mais tem muito gays enrrustidos sim que praticam o troca Arabian saudita, Dubai,Libano, Marrocos é um dação de cu no deserto que os camelos ate aderiram a pegação tambem.

    Responder

  9. Marjorie
    Fev 21, 2012 @ 18:08:33

    tenho um amigo muçulmano no Brasil que diz o tempo inteiro que não existem gays no Egito. Ele acredita realmente nisso… Enfim, o texto foi muito esclarecedor. =]

    Responder

  10. Dani
    Set 21, 2011 @ 06:05:55

    Ola a todos!

    sabemos que homossexualismo existe desde os primordios…tlvz ate os homens das cavernas ja gostavam…
    Mas falar mal do Egito assim é maldade! E não é a primeira vez.

    Sobre o islam nao permitir, a biblia tbm é clara sobre isso, ambos condenam a pratica do homossexualismo, então, se a pessoa sente desejos que nao sao naturais, que se controle, quem nao tem controle sobre seu proprio corpo nao podera controlar nada na vida!
    Veja pelos homens gays, são histericos e ridiculos, com trejeitos que muitas vezes as mulheres não os têm. SE banalizam para mostrarem o que nao sao.

    Nao existe uma lógica para o homossexualismo, pois, Deus criou o homem e a mulher para duas coisas: honrarem ao unico Deus e perpetuarem a especie, o que podera fazer duas mulheres ou dois homens neste sentido?? Nada! Entao, se existe uma disfunção hormonal é doença, trate-a, ou se não for isso é caso de psicologia, trate-a, tambem.
    Ahhh, ja ia esquecendo, se foi caso de molestação sexual, isso é algo que as vezes não está em nossas mãos prevenir, então, se aconteceu devemos nos tratar procurar um medico e seguir a vida… Assim como fazem as pessoas com outros problemas bem maiores como não ter o que comer, por exemplo, ou ser hemofilico. Molestação sexual não é desculpa para virar gay.

    Por essa permissividade toda o mundo está vivendo hoje essa putaria, essa sodomia, essa ma influencia para as crianças nas TVs, que formam um cidadao sem conceitos morais do que é certo e do que é errado, sem noção do que Deus nos ordenou e para esses o fim é horrivel. Que pena!

    Mas vai por mim, se o Egito é tao ruim, cai fora daí. Vai pra Holanda, la ta tudo liberado! Quem sabe la vc nao se libera!

    um abç

    Responder

  11. BRENO ZARRADY
    Jul 28, 2011 @ 14:48:50

    eu sou neto de muçumano e sou gay , vivo no BRASIL e gosto daqui bj

    Responder

  12. Anónimo
    Jul 24, 2011 @ 11:00:05

    Que loucura…

    Responder

  13. Marilayne
    Jul 23, 2011 @ 22:34:02

    kkkkkkkkkk……

    Mas é ótimo ouvir o pessoal dizendo que lá (no mundo muçulmano) não tem gay !!!! kkkkkkkkkkkkk.

    E eles ficam “P” da vida com um post desses…

    E como você escreve bem !!!! adoro ler sua visão de mundo.

    Responder

  14. line
    Jul 22, 2011 @ 23:32:12

    Ola Andreia, muito interessante seu post, e concordo em TODOS os países existem homossexuais. Eu sou a favor dos gays, tenhos varios amigos muito queridos, e convenhamos a religião de um modo geral sempre será contra, a bancada religiosa dos partidos políticos sempre estarão contra o homossesualismo. Eu acredito que existem pessoas que nascem assim, por talvez ( não sei) uma questão hormonal, outros talvez se descubram gay, depois de sofrer abuso sexual ou até mesmo com brincadeiras (aquelas) entre amigos e pelo fato de terem sua primeira experiencia sexual com alguém do mesmo sexo, posteriormente vá ter preferência por pessoas do mesmo sexo (apenas minha teoria).
    Eu só não sou mto a favor dessa mania da TV de digamos ” glamourizar” o homossesualismo, toda novela agora quer abordar este tema. Tudo bem, vamos acabar com preconceitos, mas eu ja acho que estão avacalhando demais esse tema, passou a ser legal dizer ALOKA, dizer gírias gays, e se dizer “moderno” pq aceita gays.
    Creio que o homossesualismo deveria ser abordado com mais naturalidade sem muito “glitter” ou “estrelismo”.
    E jah notei esses tais egipcios rebolantes, eles estão até em videoclipes árabes, mas acho que o povo aí talvez não veja com malícia essas coisas, já que pra eles, isso não existe.
    E bom, Egito com uma população 99,9% religiosa (seja muçulmano, cristão ou judeu) acho MUITO DIFICIL MEESSSMO um dia aceitar os gays, acho que nem meus netos um dia virão tal fato ocorrer no Oriente Médio em geral.
    Mas por outro lado, o Paquistão é um dos países com maior número de muçulmanos e no entanto eles possuem uma apresentadora de TV travesti muito querida entre eles, eh a Begum Nawazish Ali (googla la), interessante não é? Quem sabe um dia o primeiro país majoritariamente muçulmano a aceitar o homossesualismo seja o Paquistão.
    Só Deus sabe, enfim comentário mto longo.😛
    beijos

    Responder

  15. Kiara
    Jul 20, 2011 @ 23:08:31

    Chocada!

    Sofreram torturas sexuais para ser constatada a homossexualidade? Meu Deus! Que pecado perseguir e maltratar quem é diferente😦

    Responder

  16. ju
    Jul 20, 2011 @ 18:25:43

    Voce poderia me dizer onde voce ouviu falar ou onde esta escrito que nao exista homossexuais no Egito????????? Uma coisa e o pais nao aceitar isso outra coisa e dizer que nao existe homossexuais no pais. Eu moro no Cairo e tbm percebo como qualquer pais aqui tbm tem sim homossexuais se sao assumidos ou nao isso nao e problema meu, tenho coisas mais interessantes na vida do que ficar observando se o fulano e gay ou a siclana e lesbica …
    Como todo pais religioso e que segue as leis de Deus eles aqui nao sao diferente e eles nao aceitam isso, eu nao aceito isso, mais respeito.

    Desculpa mais achei seu texto um pouco que zombador ,voce mora ai e so sabe falar mal do pais,como se o Brasil fosse perfeito e tudo lindo..

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Quantos já passaram por aqui...

  • 336,119 acessos

del.icio.us

The best

RSS A História de uma gata

  • Memorial 19/05/2016
    Tá tudo certo. Resolvido. Jurado e sacramentado. Até que percebo uma leve alteração na respiração ao estacionar o carro e meu coração acelerar no elevador e bater na garganta quando chego na porta. Ela abre. Eu disfarço. Faço uma piada, enquanto minha mente me joga, sem dó, frames de sons, momentos e sensações. Me lembra que voltei a brotar ali .E eu penso n […]
    noreply@blogger.com (Fernanda Copatti)

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 354 outros seguidores

%d bloggers like this: