MUÇULMANOS X CRISTÃOS

Palavra do dia:

Deixa pra lá: Malesh

*********************************************************************************************************************

Olá

Hoje vou falar de um dos assuntos mais polêmicos por aqui é sem dúvida a rivalidade entre os muçulmanos e o cristãos. Como ainda não adquiri experiência suficiente neste assunto, vou transmitir minhas impressões iniciais à vocês.

 Cerca de 90% da população egípcia é muçulmana, o que torna a vida dos cristãos muito complicada. Pelas histórias que me contam por aqui, os cristãos foram muito discriminados ao longo dos anos, sendo afastados do convívio social jogados para fora das cidades. Hoje, eles vivem em áreas precárias, geralmente em volta do lixo, o que fez com que a reciclagem se tornasse sua principal fonte de renda, e acreditem, eles ganham muito dinheiro porque lixo não falta por aqui!

 A violência entre eles, ao contrário do que dizem por aí, ainda é muito gritante. Um bom exemplo foi no feriado natalino cristão (7 de janeiro) onde um muçulmano atirou em seis cristão que saiam da igreja a queima-roupa. Foi uma tragédia que estragou a festa de muitos por aqui.

 Dia desses estávamos voltando de um restaurante com nosso motorista que é cristão e fomos parados por uma barreira policial.

reza muçulmana

 Por alguma razão relacionada a documentação do veículo, o policial solicitou ao motorista que descesse do carro e entrasse dentro da sala para que conversassem. Quanto o oficial viu que o outro não era muçulmano… Imagina o que aconteceu?? Ele nos segurou lá por cerca de uma hora!! Tá certo, não vou mentir para vocês, nosso motorista não foi exatamente educadinho… Mas certamente este não foi o problema, pois ninguém respeita muito a polícia por aqui, a religião dele era o problema! Certo momento o policial veio falar conosco (muito educadamente devo dizer) e nos explicar a situação. Ele falou assim:

 – Esse motorista de vocês me insultou. Ele não é um cara bom, muito má pessoa. Tenham muito cuidado com ele! Blá, blá, blá…

 Isso ele deduziu em dez minutos??? Nossa, que cara perspicaz heim??

 Devo dizer que foi uma situação ridícula. Um não baixava a guarda para o outro simplesmente porque tinham crenças diferentes. Bom, acabamos sendo liberados mas foi certamente, um episódio muito triste.

 Existem muçulmanos e cristão que são amigos e se respeitam, mas a maioria deles não se suporta. Eles se ignoram, não se  cumprimentam e geralmente falam mal um dos outros. Para você ter uma noção da discriminação, nenhum jogador da seleção egípcia de futebol pode ser cristão. Existem empregadores que não os contratam, etc… Quando uma igreja é construída, imediatamente duas novas mesquitas são construídas ao lado, com suas caixas de som apontadas para ela. Se você observar bem ao passear pelo Cairo, logo logo se dará conta disso.

 Casamento entre muçulmanos e cristãos então nem pensar!!! eles podem casar com estrangeiros sem problemas, mas entre  os egípcios de diferentes religiões, isso é inimaginável. O interessante é que eles sabem de longe quem é quem. Obviamente que as mulheres cristãs não usam o véu (hijab) na cabeça o que facilita a identificação, mas entre os homens, para mim particularmente, é muito difícil identificar. Eles sabem ou pelos nomes, ou porque os cristãos geralmente possuem tatuagens identificativas ou pelo cumprimento social.

 Cristãos não utilizam “Assalamu Aleikum” que significa “ Que a paz de Alah esteja com você” e sim, olá, como vai? Etc… Possuem tatuagens em forma de cruz nos pulsos ou em partes visíveis do corpo. Os muçulmanos possuem nomes como Abdula, Mohamed, etc… Mas para mim é bem complicado, portanto para não me dar mal, eu uso a palavra “Salam” que significa Paz ao cumprimentar.

quarto minguante mesquita

 O simbolo islâmico é o quarto crescente, uma lua figurativa aparente no topo de todas as mesquitas, o dos cristãos obviamente a cruz. Os véus utilizados pelas mulheres também são simbólicos embora para nós, controversos (falarei disso em um outro post). Ambos acreditam em jesus Cristo, porém um como o filho de Deus e outro simplesmente como um profeta. Os primeiros são seguidores do Alcorão, livro escrito por Mohamed, seu principal profeta e os segundos acreditam na Bíblia (literalmente).

 Dificilmente no Brasil as pessoas perguntam a religião uma das outras ao se conhecerem. Aqui esta parece ser uma das primeiras questões. Quando digo que não sou religiosa, imagina a cara deles!!! Eles não entendem minha opção. O diálogo é mais ou menos assim:

 – Andréia, qual sua religião?
– Nenhuma. Apenas acredito em Deus.
– Como assim?
– Assim. Acreditando!
– Hummmmm!!! Não entendi! Você é Cristã? Em qual Deus você acredita??
– No mesmo que você!
– Ah tá! Ahã!!! (fazendo uma cara de reprovação)

 Rapidamente eu troco o assunto neh!!!!

 Existem muitas diferenças entre eles, mas nenhuma justifica a violência, a discriminação, a ignorância que presencio por aqui. Nós estrangeiros, somos tratados como diferentes mas não como inferiores, ao contrário, muitas vezes somos admirados por eles. É muito triste ver um dos berços de nossa humanidade possuir um atraso tão grande social. Parece que esse problema jamis será resolvido, eles mesmos não fazem a mínima questão para isso. Uma pena!!

 

Beijos 

 

 

34 comentários (+add yours?)

  1. Anonimo
    Jul 05, 2016 @ 11:27:51

    Muito legal a sua ideia de compartilhar um poico sobre a cultura Egipicia .
    Verdade mesmo que os Cristao são descriminados no Egito pelo que eu conheço e sei até mesmo na identidade eles tem qual e sua Religião, se for cristão ele tem muito menas chances em tudo porque?Entao eu respondo o islamismo chegou no Egito e subjulgou o povo pois o Egito era um pais cristao , muitas pessoas tiveram que se converter a força pois é assim wue o profeta do islamismo fez e tambem é isso que o alcorao ensina pra eles basta nao sermos muculmanos ja somos contra a religiao e e deus deles.

    Mulheres nao se iludam com palavras bonitas esses caras segunda a religiao dles a mulher é um simples objeto e que para deus o homem e mais importante.
    O alcorao (livro sagrado dos muculmanos) diz que o muculmano so pode se casar quando uma infiel quando ela se converter ou seja nao existe casamento sem conversao tambem para o muculmano o csamento tem que ser feito na mesquita que e sagrada para eles a partir deste momento a mulher assina um documento e agora ela e muculmana e tem que se submeter a religiao do marido , muitas mulheres pensam assim eu tenho minha religiao e casei mais nao me converti , na verdade para a sociedade ela ja se converteu.

    Agora do outro lado nunca uma mulher muculmana pode se cadar com um Cristao ou ateu etc…. pois o livro e o deus deles condena isso .
    Conheco uma mulher que teve que mudar de nome , fugir da familia pois se casou com um cristao , a familia desta moça segundo o isla pode mata-la pois ela é infiel e largou sua fé …..

    aconselho alguns sites http://porquenuncasereimuculmano.blogspot.com.eg/2015/06/testando-mohammadcomo-profeta.html

    http://infielatento.blogspot.com.eg/2012/09/exemplos-de-direitos-das-mulheres-sob-o.html

    Responder

  2. gleid
    Jul 01, 2016 @ 19:38:38

    Amei seu blog, já há algum tempo, há um rapaz que se diz apaixonado por mim e que quer casar e ter filhos,mas sou muito cautelosa quando se trata de relacionamento ele é muçulmano e mora na turkya, me pede muito prã ir ao seu país,as busca de conhecimento sobre sua cultura e costumes encontrei seu blog, que me esclareceu muito a respeito. ….

    Responder

  3. Anónimo
    Out 22, 2015 @ 16:09:15

    ola sou portuguesa e tou casada com um muculmano vai ja fazer 4 anos e sou muito mas muito feliz acreditem isto e tudo uma questao de sorte minhas amigas tenham em voces proprias e vejam com quem vao ne

    Responder

  4. ryan
    Out 03, 2015 @ 05:03:03

    Você ainda veve?

    Quero te provar o contrario

    Responder

  5. nathy
    Jun 20, 2015 @ 23:50:29

    Nossa adorei todos esses conselhos! Mulheres tomem muito cuidado nunca deixe o nosso Deus por homem nenhum tenho certeza que Deus tem algo melhor para todas, só acho

    Responder

  6. Anónimo
    Fev 06, 2013 @ 19:19:01

    oi estou falando com um muçulmano faz 5 meses
    ele é muito carinhoso ,nossa ele é lindo e simpatico
    quer me conhecer,ele falou que vai vim para o Brasil
    não sei que fazer por que tenho medo, não conheço
    ele é do Egito ,falou que vai ficar uma semana no Brasil
    ele trabalha, diz que quer se casar comigo
    so que estou insegura, sei como eles trata as mulheres
    estou com

    Responder

  7. Kelly Laia
    Jan 27, 2013 @ 18:20:39

    Parabéns por sua maneira clara, simples e corajosa, de falar sobre assuntos difíceis; que falam à alma do ser humano. Que Deus esteja sempre com você.

    Responder

  8. July Evelyn
    Jun 29, 2012 @ 10:27:49

    Oiiii adorei seu blog.Mas tenho uma grande duvida,namoro com um rapaz muculmano,nos amamos muito,mas de alguns meses pra ca ele vem falando muito em casamento,eu sou crista.Gostaria muito de me casar com ele,ele me fala como e a religiao dele,ha algumas coisas qe me agrada,mas outras nao.Nao sei o que fazer,ele diz que preciso me converter,mas nao sei se estou 100% segura disso !? Me ajuda,me de sua opiniao.Obrigada bjos

    Responder

    • Andréia
      Jun 30, 2012 @ 14:54:12

      Ele é muçulmano??? Se este for o caso você não precisa necessariamente se converter…
      Pesquise mais sobre os prós e contras do Islamismo antes de tomar sua decisão.
      Não esqueça que para nós brasileiras, é uma religião muito complicada!!!

      Responder

      • vinn
        Jul 31, 2014 @ 13:55:27

        procure videos do que os muçulmanos, islamicos fazem com os cristãos nos paises deles.. e o pior é que eles torturam crianças tambem… bando de filho da puta

        Responder

      • Anonimo
        Jul 05, 2016 @ 11:37:58

        Bom dia
        Entao li seu comentario dizendo que nao precisa se converter para casar com muculmano me desculpe , olha o que diz o alcorao o livro sagrado dos muculmanos http://www.answering-islam.org/mulheres/casamentomisto.html
        Voçê é casada com um Muculmano? Pergunte para seu esposo qual é sua religiao? Talves ele te diga nós casa,os na mesquita segundo a lei de Deus e agora vc é Muculmana.
        Se vc pensa que ainda é Crista pergunte pra ele que quando vc morrer ele vai te enterrar em um cemiterio Cristao ou Muculmano ?

        Responder

        • Andréia Feijó
          Jul 13, 2016 @ 08:54:17

          Não sou casada com um muçulmano. Tenho muitas amigas que são e não trocaram sua religião. Sim, o Alcorão manda se converter, mas nem todas fazem. A questão é que se você morar no país do seu marido será sim enterrada como muçulmana provavelmente, mas se morar no Brasil a lei não se aplica.

          Responder

    • Elvis
      Jul 04, 2014 @ 23:28:31

      Ame a DEUS sobre todas as coisas, não abandone a sua Fé em Jesus, pois dela depende a sua salvação.

      Responder

  9. Anonima
    Jun 11, 2012 @ 04:17:58

    Andréia, boa noite!!!
    Hoje li muito sobre amores de brasileiros com estrangeiros, relacionamentos virtuais, e parei aqui, , já tive alguns namoros virtuais, depois se tornaram, namoros reais e não deram certos, como também outros não deram , em que conheci a pessoas desde criança, ou anos antes. Mas o que esta acontecendo neste momento é um namoro virtual, mas com uma pessoa que nasceu no Irã, cresceu no Iraque, ama viajar, (essas viagens, é à trabalho), pelo que percebi, gosta do Inglês, como em outros relatos que li, é sempre a mesma coisa, amo você, case-se comigo. Eu ouço todos os dias, i love you, sempre: my love, talvez o que mexeu comigo foi, “entre todas as mulheres do mundo escolhi você, para ser a minha mulher, mães dos meu filhos”. Sou mãe, tenho uma filha de 14 anos, e em uma conversa dele com minha filha, ele pergunta quantos anos você tem? Ela responde: não posso dizer, minha mãe não deixa. Ai ela faz um monte de perguntas à ele. Depois ele pergunta, sua mãe vê o que faz na internet, ela responde, sim, daqui a pouco ela vem e olha. Ai ele diz, admiro sua mãe, você tem uma ótima mãe, que Deus guarde ela sempre para você. Já tinha uma admiração por ela, agora tenho muito mais. Isso tudo traduzi e li depois. Ele é mais jovem do que eu, conversamos e estamos nos conhecendo há 4 meses, comecei a prestar mais atenção nas cantadas dele, quando decidi, a esquecer um homem, por quem estava encantada, mais é casado. No começo eu era atenciosa, mas não levava nada a sério, depois comecei a me envolver, a gostar do Eu amo você. A primeira vez que disse que me amava, eu ri, claro, disse que não poderia me amar, em tão pouco tempo sem me conhecer. Agora acho que se ele não disser que me ama, tem algo errada, mas isso é raro. Ele diz sempre. Hoje li uma moça, que diz pq as mulheres tem que sair daqui, para ir para lá, se casarem, o casamento dela não deu certo, preciso ler o blog dela. Pq eles não vem aqui? Ela diz.
    Andréia, se a pessoa vir até a mim, é o que vai acontecer, isso muda? Eu disse à ele: Vamos supor que eu aceite me casar com você, moraríamos no Brasil? Ele respondeu que sim. Não penso em deixar meu país. Ele quer se casar em Novembro, eu disse que não, não o conheço, como vou me casar? Ele respondeu: seja como você quiser meu amor, faremos do seu jeito. Estou sonhando, sério e não quero acordar, parece um sonho, né? Tenho medo de acordar, mas sou realista, acho que ele virá, me conhecer, antes q eu espere. Desculpa o desabafo, mas estou aberta a conselhos. Obrigada

    Responder

    • Andréia
      Jun 11, 2012 @ 06:02:03

      Oi Amiga,

      O que está acontecendo com você, acontece com todas nós. Nos deixamos envolver e apaixonar. Mas certamente que nossas inseguranças nos fazem ter cautela. Devemos mesmo!!!
      Não posso te dizer o que fazer. Como deve ter lido em meu blog, não sou muito adepta a estes relacionamentos. Não vou mentir para você. Mas, se este homem está disposto a vir ao Brasil e te conhecer, acho muito mais seguro do que você ir até o Iraque. Mas se meu conselho servir, não se case tão rápido não! E se casar, que seja nas leis Brasileiras, ok?
      Muito boa sorte!!!

      Responder

      • Anonima
        Jun 11, 2012 @ 18:54:37

        Oi Andréa, vou seguir seu conselho se me casar, me casarei aqui no Brasil, ele atualmente esta em Dubai, mas me disse que tem residência no Canadá, como ele disse ama o Inglês, é jovem, deve ter tido muitas aventuras, pais morreram, tem uma tia no Iraque. Em fim, no começo confesso que até eu tive um pouco de preconceito, mas logo passou, pq eu não gosto dessas atitudes, acredito em um mundo melhor, nas pessoas (sei que não deveria), mas não podemos julgar as pessoas, acredito em Deus. Ah!! Parabéns, pelo blog, gostei, só poderia se chamar Andréia mesmo, brincadeira, também tenho o mesmo nome sem o i, rs. obrigada

        Responder

  10. mel
    Ago 25, 2011 @ 23:30:29

    oi
    bom eu falo todos os dias com um MUÇULMANO
    ele e uma pessoa legal
    mais tem dias que eu não o conheso
    ele fica muito estranho
    muda de pessonalidade
    fica acresivo
    e nunca entende os problemas do outros eles só pensa neles mesmo

    Responder

  11. maria rita amaral mongelos
    Ago 12, 2011 @ 20:21:26

    ola andrea obrigada por estas imformação estou correpondendo com um egipicio que vem no final do ano me conhecer e ja falou em casamento.. ele e mulçumano tenho medo ainda mais que sou divorciada.. me diga que e divorciada la e recliminada? tbm sou mais velha do que ele la isto não ter problemas com a familia, a brasileira e bem aceita tbm que não leva as esposa em festa, e verdade isto pois vc sabe nos brasileiras gostamos de dançar e festa, reunão familiares por favor me responda obrigada maria rita ha eles são fieis quando gostam?

    Responder

  12. Anónimo
    Maio 23, 2011 @ 17:01:03

    muito obrigado ajudo u no trabalho de escola!

    Responder

  13. claudio
    Jan 14, 2011 @ 20:21:31

    Essa “rivalidade” entre mulçumanos e cristãos começou no principio da edificação da igreja Cristã, onde o Imperador de Roma, indignado com a crença dos cristãos do norte da Africa em crer em unico Deus, Pois a igreja de Roma acreditava na doutrina da trindade, ele, o Imperador, massacrou e perseguia milhares de pessoas, daí começou as “rivalidades”.

    Responder

  14. Sofia
    Dez 06, 2010 @ 23:16:38

    Olaaa andreia tudo bom?
    Adorei seus comentarios me ajudou em algumas duvidas..
    estou apaixonada por um mulçumano…mas preciso de ajuda😦
    Beijos
    lihsofia.82@hotmail.com

    Responder

    • Andréia Feijó
      Dez 11, 2010 @ 18:15:51

      Oi Sofia, que tipo de ajuda você gostaria? Muçulmanos são sempre complicados para as mulheres brasileiras… Muito cuidado tá?

      Responder

  15. Jayme
    Ago 30, 2010 @ 08:05:41

    Você, também, fala errado na hora de dizer sua fé pra eles… se sabe que é inimaginável lá uma pessoa “não ter religião”, porque se arrisca? Quem dera aqui no Brasil fosse assim. Esse negócio de “eu só acredito em Deus” é um baita bode expiatório, no popular, desculpa esfarrapada pra ficar com um pé em Deus, outro pé no mundo. Vai ver por essas atitudes eles perdem o respeito com os cristãos, eu também perderia.

    Outra, o “mesmo Deus”? Isso chega a ser uma ofensa pra eles, e até pra mim. Eles dizem que é o mesmo Deus, mas não é. Ora, o deles não é pai de Jesus, o nosso é. Começa por aí.

    Num país tão religioso, onde a crença vale muito, é um absurdo uma pessoa agir dessa forma.

    Responder

  16. Dri
    Jul 31, 2010 @ 17:03:37

    Olá Eu sou curiosa quanto ambas as religioes e achei bem interesanta seu post conte mais estarei sempre por aki t+

    Responder

    • Andréia Feijó
      Ago 01, 2010 @ 05:41:23

      Obrigado Dri. Agora que estou de volta ao Egito vou ter muitas histórias para contar. Beijão

      Responder

      • vanuza santana silva
        Mar 20, 2012 @ 02:13:13

        Olá Andréia adorei seu blog, mas eu tenho uma duvidas que eu gostaria que você me ajudase conhecir um rapaz muçulmano pela á internet faz apenas 3 meses que á gente tecla, mas ele disse que já me ama muito. e que quer se casar comigo eu também morro de amor por ele e não consigo mas me ver sem ele quero muito casar com ele,ele quer que eu vá pra lá no final de ano mas eu tenho medo por quer eu não sei se é permitido um muçulmano se casar com uma brasileira alem disso eu já tenho uma filha mas eu sou solteira e sou cristá mas ele fala que á familia dele aceita é ele que escolhe com quem quer viver mas eu não sei se devo ir ele tem 33 anos eu tenho 34 me ajuda por favor nessas duvidas espero sua resposta…

        Responder

        • Andréia
          Mar 21, 2012 @ 07:57:04

          Vanuza…

          Será que 3 meses não é muito pouco tempo para tanto amor?
          Sei que você está apaixonada, mas será que não é apenas pela ideia de acabar com a solidão, ou ainda, pelas doces palavras que ele te fala?
          Se a família aceitar, não tem problema sobre o casamento não. Mas se você leu o meu blog, vai perceber que não sou muito a favor destes relacionamentos não. Ainda mais você tendo uma filha.
          Como eu sempre digo… No início eles se mostram os melhores amigos e os mais compreensivos, depois… As exigências passam a acontecer.
          Espero que você tome a decisão mais certa para você, mas principalmente para a sua filha!!!
          Grande abraço.

          Responder

          • sonia silva
            Abr 17, 2012 @ 23:02:41

            Andreia preciso de ajuda estou apaixonada por um mulçumano e ele vem para o Brasil se casar comigo mas não perguntou minha religião e sou cristã,eu disse a ele como ele me ama se não me conhece?então me disse que o amor não tem explicação sera que ele vem para o Brasil por que me ama ou pode ter uma razão obscura?confesso que tenho um pouco de medo!! vc pode me ajudar?obrigada!!!

          • Andréia
            Abr 18, 2012 @ 17:54:12

            Sonia

            Medo é sempre bom!!! Mas não tenho como opinar se o cara é bonzinho ou malvado!!! Mas lembre-se que muitos querem mesmo é o VISTO DE RESIDÊNCIA!!!
            Se ele nem quer saber sua religião eu realmente estranharia, já que para eles é o mesmo que não saber seu sexo!!!

  17. Denis
    Jan 28, 2010 @ 10:53:32

    Olá Andréia,

    Muito bom ter boas notícias tuas. A vida em um outro lugar deve ser bem díficil, longe de tudo, longe dos amigos e familia e ainda mais no EGITO!!! Parabéns pelo belo texto. Adoro este tipo curiosidade, leio sempre estas coisas. Um grande abraço e muita força para vcs ai… Até mais. Denis,

    Responder

  18. Andréia Feijó
    Jan 26, 2010 @ 09:14:55

    Oi Amiga
    Que saudades!!! Obrigado por ler meu blog!
    Adorei a novi!!! Manda um beijão nela!
    Muitas saudades de vocês!!!!

    Responder

    • Mari
      Out 22, 2012 @ 18:55:22

      Oi Andreia, acabei de terminar um relacionamento com um muçulmano que mora em Annaba, Argélia. Estou péssima, mais percebi no que li em seu blog que todos eles são tão dóceis e amáveis, o homem sonhado!! Bom entre a emoção e a razão eu me posicionei em não negar ao meu Deus, e ele não aceitou, pois ele quer se casar com uma muçulmana.
      Hoje não é o melhor dia da minha vida.
      Só sei que sem meu Deus, perco minha essência, sem o Hamza, perdi o meu chão.
      Obrigada amiga por ler meu desabafo e por auxiliar tatas outras que como eu acreditam na familia, no amor e na vida.
      Um grande abraço,

      Mari

      Responder

      • Andréia
        Out 23, 2012 @ 09:00:31

        Oi Mari

        Sinto muito pela sua dor. Mas tenho certeza que Deus reserva coisas maravilhosas para você. Tenha sempre isso em mente!!!
        Abraço

        Responder

  19. Dani Maciel
    Jan 26, 2010 @ 08:49:05

    Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    Guria, nem nos falamos quando estavas por aqui, que pena, mas a correria é foda e eu também não estava em POA. Mas ó, sempre leio teus posts, que cultura hein? Jesussssssss nos acuda, é muito diferente. Sinto saudades e quero que saibas que torço por vocês.
    Tu já sabes que a Aline está grávida de uma menina?
    Bom de novidades acho que é isso.

    Muitos beijos e até o próximo post.
    Dani

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Quantos já passaram por aqui...

  • 336,119 acessos

del.icio.us

The best

RSS A História de uma gata

  • Memorial 19/05/2016
    Tá tudo certo. Resolvido. Jurado e sacramentado. Até que percebo uma leve alteração na respiração ao estacionar o carro e meu coração acelerar no elevador e bater na garganta quando chego na porta. Ela abre. Eu disfarço. Faço uma piada, enquanto minha mente me joga, sem dó, frames de sons, momentos e sensações. Me lembra que voltei a brotar ali .E eu penso n […]
    noreply@blogger.com (Fernanda Copatti)

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 354 outros seguidores

%d bloggers like this: