HÓSPEDES DO BARULHO!!

Palavra do Dia:

Visita: Ziyaarah

************************************************************************************************************************   

Mês passado andei recebendo visitinhas por aqui… Aliás, duas visitas mais que bem vindas. A prima do Ro e uma querida amiga resolveram dar uma passadinha pelo Cairo antes de ir à Europa. Bem no caminho né? Hehehehe. Na verdade me senti lisonjeada pela escolha delas, desviar 3.000 km só para passar três dias com a amiga aqui, não é qualquer um que faz!!!   

 Hoje vou contar para vocês como foi a passagem da GI e da SI pelas arábias.   

Fazia apenas um dia que Rodrigo e eu havíamos chegado do Brasil. Eu mal havia desfeito as malas quando as gurias chegaram. Já no começo da “empreitada egípcia” um pequeno probleminha… Vôo atrasado!!! Normal. O problema é que elas não conseguiram nos avisar e o Rodrigo acabou tomando um chá de banco básico no aeroporto. Sem problemas. Recolhidos os pacotes, seguiram viagem aqui para casa.   

Durante o trajeto, elas logo perceberam o agito noturno da cidade. Já eram 2 horas da madrugada e o Cairo estava “bombando”. Ao passar por uma das diversas pontes que atravessam o Nilo, a primeira foto logo foi requisitada…   

- Pára!! Pára, que a gente quer tirar uma fotinho, por favor!!!!   

- Sem problemas, pode descer e tirar quantas fotos vocês quiserem!    

Diversão no Cairo

  

Ao perceberem a “classe social” que estava habitando o local naquele momento, logo, logo mudaram de idéia.  O medo de ser assaltada, que de certa forma é ilusório e preconceituoso (mas eu ainda tenho) impediu que elas saíssem do carro…   

- Ahhhh Ro! Tira a foto para a gente vai!!!   

Bom, quando elas chegaram em casa, estavam como diz a expressão, “A mil pelo Brasil”, neste caso no Egito. Cheia de histórias para contar do avião, do embarque no Brasil, da conexão em Madri, da chegada no Cairo, enfim… Fomos dormir às quatro da manhã. Não preciso mencionar que teríamos que acordar cedinho no dia seguinte.   

Primeira parada: PIRÂMIDES!!!   

Olha, eu acho que já estive nas pirâmides umas três ou quatro vezes, mas NENHUMA DELAS ESTAVA TÃO QUENTE!!!!  A temperatura passava dos quarenta graus. Aí vocês vão pensar: Mas no Egito não é sempre assim??? Sim, verdade. Mas se aqui em casa já é quase insuportável, imagina no meio da porcaria do deserto??? Senhoooorrrrrr!!!! Nós quase falecemos!!! Cada passo era uma tortura. O único momento de alívio foi quando entramos no Museu do Barco que é o único local do parque que possui ar condicionado. Tenho certeza que perdemos uns cinco quilos nessa brincadeira.   

Isso, na verdade é uma grande pena. As pirâmides merecem atenção. Elas precisam ser apreciadas em todo seu esplendor. Os olhos das gurias certamente estavam encharcados, mas era de suor. Chega um momento que você quer ir embora dali, para qualquer lugar que tenha ar condicionado. Infelizmente, embora as 12.495 fotos tiradas, o dia não estava propício para o passeio.   

Fomos correndo para o shopping mais próximo. Almoçamos em um restaurante Mexicano bem legal. Antes de vocês me criticarem, os restaurantes típicos egípcios são melhores à noite, nosso dia precisava ser otimizado, portanto, perder tempo com almoço não era nosso foco! A comida estava MARA e logo em seguida o Rodrigo foi ao nosso encontro para dar seqüência à segunda parada: KHAN AL KHALILI   

Lembra do bazar mais antigo e um dos maiores do Oriente Médio néh? Aquilo ficou pequeno para nossa amada SI!!! Imagina uma pessoa que gosta de comprar. Mas que gosta muitoooo!!! Agora joga ela lá dentro daquele lugar. Imaginou?? Não, não… É beeeemmm pior!!! (brincadeirinha SI)   

Tudo era lindoooooo, maraaaaaa, meigooooo!!!  Mas o mais legal de tudo foi assistir elas negociando com os lojistas.  Era um tah caro prá cá, tah caro prá lá!!! Até que alguém na multidão chamou a SI de SHAKIRA. Hahahahahaha. Não preciso dizer que durante toda a viagem este foi o seu primeiro nome né? Sem contar as inúmeras vezes que ofereceram camelos em troca de casamento! Quem se habilita a dizer quantos?? Não gente!! Não vendemos a Si não!!! Quanta maldade heim?? Mas a Si fez suuuucesso no Khan Al Khalili.   

A GI não ficou atrás em suas peripécias…   

Entramos em uma loja de papiros bem linda, logo o vendedor começa a nos mostrar todos os papiros da loja. A GI que se demonstrou super interessada (grande erro) começa a fazer perguntas para o rapaz. Detalhe: Em português!!! Isso aconteceu em todas as lojas do bazar… Mas como íamos tentando ensinar ela a se comunicar, ela foi aprimorando suas habilidades lingüísticas e de repente ela solta uma assim para um vendedor:   

- How much isso aqui?   

Hahahahahahahahahahahahahaha   

- What????   

Bem, um dia quente e divertido merece uma cervejinha para comemorar não é mesmo? Fomos levar as meninas para conhecer o Hard Rock Café do Cairo. Fica ao lado de um dos hotéis mais luxuosos daqui e na beira do Rio Nilo. Chegamos lá e a primeira palavra dirigida ao garçom foi:   

-  4 Beers please!!   

O garçom com a maior naturalidade diz:   

- Today non alcoholic day (Dia não alcoólico)   

- Whaaaaattttt?    

Meu mundo desabou como num passe de mágica. Era justamente o dia que homenageava um profeta que, sei eu o que!! Não faço a mínima questão de saber quem é esse senhor (o senhor foi ironia tah?), mas ele estragou minha noite!! Não preciso dizer que a comida (que nem é tão boa assim) perdeu toda a graça. Comemos rapidinho e as meninas prosseguiram com suas compras na lojinha do bar. afinal, não é todo mundo que tem uma camiseta do Hard Rock do Cairo neh?   

Grand Hyatt

  

Saindo do Hard Rock fomos passear no hotel (Grand Hyatt Hotel). Tudo lá é extremamente chique, mas nada que pudesse acanhar as mocinhas e seus clicks…   

 – Olha o tamanho desse lustre!! (tira foto)   

 - Olha essa escultura!! (tira foto)   

 - Olha esse restaurante!! (tira foto).   

 E assim fomos conhecendo cada detalhe do local…   

Dia Seguinte: MUSEU DO CAIRO   

Fomos para o museu lá pelo fim da manhã, pois além do cansaço, as atrações no Cairo só abrem a partir das 10:30hs. Para minha felicidade, é proibido tirar fotos no museu!!! (to de sacanagem) Acho uma pena, mas entendo…   

O Museu do Cairo é super legal, mas como tudo por aqui, extremamente desorganizado. As coisas ficam praticamente jogadas pelos corredores e com exceção da sala das múmias, o resto é quente e empoeirado. A máscara de Tutancâmon é uma das peças mais lindas do lugar, toda coberta com ouro e pedras. A SI se emocionou!!! Detalhe: ela trabalha com ouro. Hehehehehe.   

Após o museu, seguimos viagem para o Shopping City Stars. No caminho aconteceu algo que eu “preciso” contar à vocês. Todo mundo que visita um país diferente tenta, obviamente, aprender algumas palavras na língua local. Aqui as mais comuns são chokram (por favor), salam aleikum (uma espécie de cumprimento), Insh Alla (se Deus quiser) e Al- hamdu Lillah (Graças a Deus). Estávamos nós no amado trânsito do Cairo e a SI já estava no seu auge do nervosismo. A todo o momento ela dizia: 

  

-  Minha Nossa Senhora!!! Ai Jesus Cristinho!!!   

De repente nosso motorista leva uma fechada e ela solta a seguinte frase:   

- ­ Uiiii SALAMALEICO!!!!   

 - ???????????????????????????????   

Começamos a rir compulsivamente, inclusive o motorista, que já estava se divertindo muito com nossas peripécias. O que será que ela queria dizer??  Num momento de pavor a pessoa demonstra falar qualquer língua neh??? Mesmo que ninguém entenda o que ela quer dizer… Mas enfim, vale a tentativa.   

O shopping foi como se havia de esperar, tudo lindoooooo, maraaaaaa, meigooooo!!!  Se no Cairo elas estavam deslumbradas, imagina em Paris??? Infelizmente não tivemos muito tempo para aproveitarmos o shopping em sua totalidade. Precisávamos nos preparar para, agora sim, jantarmos em um restaurante egípcio.   

Encontramos com mais alguns brasileiros amigos nossos no restaurante Sequoia, e ao contrário do que as gurias pensavam, a comida era muito gostosa. Digo isso porque antes de elas virem para cá, estavam preocupadíssimas com os cheiros, sabores e horrores do Egito. Se surpreenderam heim meninas? Tá certo que eu dei uma “apavoradinha” nelas antes da viagem, mas foi um tanto que proposital (hehehehe). Ao chegarmos no local, um probleminha básico: A SI fechou a porta do carro no dedo do meu amorzinho!! (Que Alá despeje sua ira em você, SI!!!) Foi uma gritaria desvairada e eu, só para variar, comecei a rir compulsivamente! Sim, é assim que eu costumo agir em momentos de pânico!! Mas tudo bem, a noite foi perfeita e a companhia também.   

A Cidadela

  

O seguinte e último dia de passeio foi mais light. Fomos pela manhã à Cidadela, um local no Cairo Islâmico onde se encontra a mesquita principal do Cairo, an-Nasr Mohammed. Confesso que ainda não havia visitado o local. Muito bonito mesmo!!! Apesar do calor conseguimos curtir bastante o passeio. Engraçada foi a parte que precisávamos tirar os sapatos e devido à limpeza do local (ironia), era preferível ficar de meias. Minha amiga SI quase desmaiou. Está pensando que é por causa do chulé??? Que nada!!! Ela não queria sujar as meias do mickey dela!!! Vê se eu posso com isso!!!! Hahahahahaha   

Foto de um lado e foto de outro, tocamos a boiada para o bairro de Maadi. Motivo?? Compras!!! Fomos comprar lençóis egípcios em uma lojinha bem pequeninha que descobri neste bairro. Ali perto ficava também um dos meus locais preferidos: O OUTLET da Addidas, Rebook, Levi’s e Timberland! É pouco ou quer mais? Lá a GI continuou a exercitar seu… português fluente!!!   

- Tem tamanho maior?   

- GI!!!!!! Eles não falam português!!!!   

_ @&%#*@%!!!! Ela respondeu…   

Neste dia almoçamos no Shopping onde está localizado o Carrefour. Atendendo aos pedidos, entramos no mercado para um rápido passeio. Conforme escrevi em um post anterior, o Carrefour do Cairo é um tanto, vamos dizer assim, lotadinho. Astutamente desviamos dos carrinhos e das crianças a fim de chegar ao setor da padaria. Foi quando subitamente eu escuto:   

- Aiiiiiii!!!! Essa guria me atropelou!!!   

Era a SI…   

Atrás dela estava uma menina pilotando seu carrinho cheio de compras, obviamente sem usar seu sentido da visão! A SI olhou bem nos olhos dela, até porque era só o que dava para ver embaixo da burca e disse:  

- Vai para @%$#*&. (Em português logicamente)   

Pronto!!! Vocês não queriam o Carrefour???   

Buddha Bar

  

 Na chegada, as meninas haviam prometido pagar um jantar em retribuição à hospitalidade que foi dada por nós. Como elas queriam conhecer o BUDDHA BAR do Cairo, reservamos uma mesa e obviamente que, como era a última noite, a gentileza deveria ser neste dia. Chegamos no bar e realmente é lindo de morrer!! A decoração é uito legal, o ambiente bem moderno e os drinks, Ahhh, os drinks… Quando chegou o cardápio do restaurante (menu para os não-tigres) o susto e a expressão de pavor na cara delas foi impagável!!! Era muito caro!!! Tudo era muito caro!!! Mas gaúcho que se preza vai até o fim!!!! Escolhemos o prato (mais caro) e elas pagaram a conta sem reclamar! Nós até tentamos (sem muito esforço obviamente) fazê-las desistir, mas foi em vão! Lá se foram as duas armadas com seus cartões de crédito infalíveis!!!  Mas eu merecia né? Depois de aturar as duas, que até foto no banheiro do bar tiraram… Hahahaha.   

Mas a verdade é que estava muito divertido e infelizmente durou pouco. Amei receber minhas primeiras visitas no Egito e amei mais ainda o seguinte: ter a certeza que se antes nossa amizade já era boa, agora ficou muito melhor.   

Gurias, do fundo do meu coração, eu realmente espero que vocês tenham gostado da estadia. Tenham certeza que fizemos tudo com muito amor e carinho! Amo muito vocês e espero que nós possamos passar mais aventuras juntas muito em breve!   

Um beijo a todos, mas especial para vocês!   

Ahhh, se eu esqueci de alguma coisa por favor, acrescentem!!!

About these ads

2 Comentários (+add yours?)

  1. MARI
    Set 12, 2010 @ 14:32:18

    ALGUÉM PODE CONTIGO,AMIGAAAAAAAAAAAAAAA
    BJS.
    ESTOU ORGULHOSA DE SER TUA AMIGA .KKKKKK

    Responder

  2. Simone Debiasi
    Set 02, 2010 @ 10:11:02

    Amiga,
    Amei o blog!como sempre você saber expressar direitinho o que acontece.
    Também quero agradecer mais uma vez por cada minuto que você e o Rodrigo passaram com a gente,pode ter certeza que eu e a Gi nunca esqueceremos.Fiquei emocionada lendo o blog e dei muitas risadas também,vou imprimir e colocar no meu álbum,afinal,esses momentos nunca sairão da minha memória.
    obrigadaaaaaaa do fundo do coração!!!
    beijos,
    até breve!

    Responder

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Quantos já passaram por aqui...

  • 187,542 acessos

del.icio.us

The best

RSS A História de uma gata

  • Trocando em Miúdos 22/04/2014
    ViralDói o corpo O todo. Doem os olhos.Tudo pinga.O ar rasga. Não oxigena.Tudo dói.Não é a cabeça é o que tá lá dentro.No raio-x um não no lugar do coração.E não tem remédioNão tem arde e passaTudo corrói.O peito, a garganta, o narizA fala fanha.Meu silêncio ficou surdo.De repente esse vazio e...Tudo dói.
    noreply@blogger.com (Fernanda Copatti)

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 250 outros seguidores

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 250 outros seguidores

%d bloggers like this: